Potência e Adversidade

Potência e Adversidade

  • Entidades Organizadoras

    Museu de Lisboa
  • Através de uma seleção de cerca de 40 artistas e mais de 80 obras, Potência e adversidade - arte da América Latina nas coleções em Portugal apresenta a multiplicidade de enunciados criativos e originais que os artistas têm vindo a formular, em especial os desdobramentos do “legado conceitual” e de uma realidade social e política marcada pela desigualdade e alternância de governos repressivos. A exposição enfatiza a retomada da “politização da arte”, em especial, a crítica ao “multiculturalismo”, discurso cultural que formou a base da expansão do mercado internacional de arte e autorizou as coleções de arte a se abrirem a “novas” geografias em ascensão económica. Exposição colectiva | artistas Ignasi Aballí, Leonor Antunes, Juan Araújo, Artur Barrio, Lothar Baumgarthen, Albino Braz, Detanico e Lain, Antonio Dias, Eugenio Dittborn, Nelson Félix, Carmela Gross, Magdalena Jitrik, Andre Komatsu, David Lamelas, Jac Leirner, Jorge Macchi, Ana Maria Maiolino, Marepe, Cildo Meireles, Ana Mendieta, Juan Muñoz, Antoni Muntadas, Emmanuel Nassar, Helio Oiticica, Lydia Okumura, Gabriel Orozco, Damián Ortega, Rosângela Rennó, Mauro Restiffe, Nicolás Robbio, Analia Saban, Iran do Espírito Santo, Gabriel Sierra, Ângelo de Sousa, Tunga, Adriana Varejão e Horacio Zabala, entre outros.

  • Dónde

    Museu da Lisboa - Pavilhão Branco / Lisboa, Portugal
  • Inauguración

    11 nov de 2017  /  17:00

  • Artistas que participan en Potência e Adversidade


    Comisarios/Curadores de Potência e Adversidade


Recibe alertas de eventos como éste

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

descargar