Cortesía de O Sítio

Olhar sobre a obra

  • Entidades Organizadoras

    O Sítio
  • Esta mostra contempla um olhar sobre a obra de Joana Vasconcelos do ano 2000 até meados de 2015. Tem como objetivo mostrar ao público a sua obra através de vídeo registros e documentários cedidos pela artista plástica portuguesa. Joana Vasconcelos é uma artista de relevo incontornável da arte contemporânea portuguesa. Sua obra não permanece apenas em Portugal mas no mundo todo e, hoje em dia, está nos principais museus e centros culturais pelo mundo a fora. Em suas esculturas e instalações utiliza vários materiais comuns ao cotidiano de qualquer pessoa, transformando-os em objetos que têm formas estranhamente familiares mas que nos remetem para novas possibilidades estéticas. Joana criou uma linguagem muito própria para expressar a sua arte. Muitas vezes inspirada no artesanato local ela criou novas formas de o compreender, comprometida com a sua cultura bebe da fonte das suas origens para criar novas possibilidades estéticas. Sua obra que tem muito de “barroco contemporâneo” em que cada detalhe, e dialoga com o contexto social e político, cruzando tradição e modernidade, num conjunto de obras que tem na sua génese o ser português, procurando histórias dos costumes nessas ligações entre o passado e presente. Organização: João Aires Breve Bio: JOANA VASCONCELOS (1971) vive e trabalha em Lisboa. Expõe regularmente desde meados da década de 1990. O reconhecimento internacional do seu trabalho deu-se com a participação na 51.ª Exposição Internacional de Arte – la Biennale di Venezia (2005). Momentos relevantes da sua carreira incluem o projeto Trafaria Praia, representação oficial de Portugal na 55.ª Exposição Internacional de Arte – la Biennale di Venezia (2013); a exposição individual realizada no Château de Versailles (2012); a participação na coletiva “The World Belongs to You”, no Palazzo Grassi/François Pinault Foundation (2011); e a sua primeira retrospetiva, apresentada no Museu Coleção Berardo, em Lisboa (2010). Do seu percurso, destacam-se ainda exposições em instituições como ARoS Aarhus Art Museum, Aarhus, Dinamarca (2016); Museo Thyssen-Bornemisza, Madrid (2015); Waddesdon Manor – The Rothschild Foundation, Buckinghamshire, Reino Unido (2015); Manchester Art Gallery (2014); Tel Aviv Museum of Art (2013); Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa (2013); CENTQUATRE, Paris (2012); Kunsthallen Brandts, Odense, Dinamarca (2011); Es Baluard, Palma de Maiorca (2009); Garage Center for Contemporary Culture, Moscovo (2009); Pinacoteca do Estado de São Paulo (2008); The New Art Gallery Walsall, Reino Unido (2007); Istanbul Modern, Istambul (2006); Passage du Désir/BETC EURO RSCG, Paris (2005); Centro Andaluz de Arte Contemporáneo, Sevilha (2003); Műcsarnok, Budapeste (2002); Museu da Eletricidade, Lisboa (2001); e Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto (2000). O seu trabalho integra inúmeras coleções públicas e privadas, das quais se destacam as seguintes: Amorepacific Museum of Art; Caixa Geral de Depósitos; Câmara Municipal de Lisboa; Centro de Artes Visuales Fundación Helga de Alvear; Domaine Pommery; FRAC Bourgogne; Fondation Louis Vuitton pour la création; Fundação EDP; Gerard L. Cafesjian Collection; MUSAC; Museu Coleção Berardo; Pinault Collection.

  • Dónde

    O Sítio / Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
  • Inauguración

    16 nov de 2017  /  19:00

  • Artistas que participan en Olhar sobre a obra


    Comisarios/Curadores de Olhar sobre a obra


Noticias relacionadas con Olhar sobre a obra



Recibe alertas de eventos como éste

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

descargar