DOS MEUS COMUNISTAS CUIDO EU. Imagen cortesía Baró Galería

Dos meus comunistas cuido eu

  • Entidades Organizadoras

    Baró Galería
  • A exposição é composta por trabalhos inéditos em que o artista propõe reflexão acerca da estrutura fundiária brasileira, suas raízes e seus desdobramentos na política contemporânea. A mostra é a segunda de uma série de três exposições – a primeira foi OrdeMha, realizada na Baró Galeria, em 2016. O conexão entre as mostras realiza-se pela presença do trabalho Golpe Profundo, uma faixa pintada nas paredes da galeria em uma escala de cores; do verde bandeira ao preto petróleo. Em Apólice do Apocalipse, um dos trabalhos presentes na mostra, Cuquinha expõe uma transcrição da carta de Pero Vaz de Caminha a grilos vivos e às substâncias expelidas pelos insetos. A esse procedimento, comumente empregado por latifundiários, chamamos de grilagem. A ação dos grilos dá aparência antiga a documentos de propriedade de terras apropriadas ilegalmente[1] com o objetivo de legitimar a posse. A grilagem é reveladora da estrutura desigual de acesso à terra no Brasil, no qual o latifúndio e as elites se apoiam e se utilizam do Estado e dos mecanismos legais em seu benefício.

  • Dónde

    Baró Galeria - Jardins / São Paulo, Sao Paulo, Brasil
  • Inauguración

    10 abr de 2018

  • Artistas que participan en Dos meus comunistas cuido eu


Recibe alertas de eventos como éste

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

descargar