Aimée Zito Lema «A Score for Mother and Child». Still from video installation Looiersgracht 60, Amsterdam, 2017. Cortesía de Calouste Gulbenkian Museum

Aimée Zito Lema. 13 Shots

  • O trabalho de Aimée Zito Lema (n. 1982, NL) incide sobre a memória, o registo e a transmissão intergeracional de acontecimentos através da história material e do corpo humano. Colocando lado a lado as práticas estéticas e sociais, a sua obra habita um universo onde o material e o humano interagem em relações críticas. O projeto aqui apresentado resulta de um período de residência de investigação da artista na Rua das Gaivotas 6. O projeto expositivo de Aimée Zito Lema é um dos oito capítulos da exposição criada no contexto do 4Cs: from Conflict to Conviviality through Creativity and Culture, um projeto de cooperação coordenado pela Universidade Católica e cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia. Os oito capítulos da exposição são pensados sob o mesmo conceito – a transição de Conflito para Convivialidade numa Europa confrontada com desafios colocados por novas formas de conflito que comprometem o legado do seu projeto inicial e que urgem alternativas. Cada capítulo conta, pela voz de cada instituição que o escreve (Universidade Católica Portuguesa; Tensta Konsthall; SAVVY Contemporary; Royal College of Art; Fundació Antoni Tàpies; Vilnius Academy of Arts; Museet for Samtidskunst; e ENSAD), a sua própria história sobre as (im)possibilidades desta transição, contribuindo assim para uma narrativa não linear.

  • Horario

    10:00 até 18:00
  • Dónde

    CAM - Centro de Arte Moderna - Fundação Calouste Gulbenkian / Lisboa, Portugal
  • Inauguración

    29 jun de 2018

  • Artistas que participan en Aimée Zito Lema. 13 Shots


    Comisarios/Curadores de Aimée Zito Lema. 13 Shots



Recibe alertas de eventos como éste

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

descargar