Acervo Videobrasil em Contexto #2

Acervo Videobrasil em Contexto #2: Queer Archives Institute e Anfibologia, tradução

  • Entidades Organizadoras

    Associação Cultural Videobrasil
  • 02 de abril (sáb), 13h, no Galpão VB, Karol Radziszewski inaugura seu Queer Archives Institute e Anfibologia, tradução, de Vitor Cesar, dupla de obras que investiga noções de coleção e arquivo. A exposição Acervo Videobrasil em Contexto #2 aprofunda a política de ativações do Acervo da Associação Cultural Videobrasil e apresenta no Galpão VB obras do polonês Karol Radziszewski e do brasileiro Vitor Cesar. Os dois artistas foram convidados para participar da segunda edição do projeto de residência artística da Associação e exibem agora trabalhos que investigam, a partir de princípios distintos, as noções de coleção e arquivo. A abertura acontece no dia 02 de abril (sábado), a partir das 13h, com visitação até 11 de junho de 2016. O projeto Videobrasil em Contexto #2 é fruto da parceria entre o Videobrasil, o programa curatorial de residências artísticas A-I-R Laboratory, do Centre for Contemporary Art Ujazdowski Castle, como parte do programa de promoção da cultura polonesa no Brasil, organizado por Culture.pl em 2016. Tanto o Videobrasil quanto o Ujazdowski Castle são instituições reconhecidas pelo seu envolvimento com a cena de arte contemporânea e associadas a importantes coleções em seus respectivos países. Elas receberam os artistas para uma visita inicial de duas semanas, permitindo que tomassem contato com as realidades locais e elaborassem uma proposta de trabalho para os três meses seguintes de residência. Durante esse período, os artistas desenvolveram os trabalhos apresentados agora ao público de São Paulo na exposição Acervo Videobrasil em Contexto #2. Na instalação Anfibologia, tradução, Vitor Cesar, aborda o espaço urbano como um arquivo aberto, lugar de encontros onde a experiência do cotidiano ganha novas e sutis camadas de significado (o termo anfibologia é proveniente do grego amphibolia que, na linguística moderna, significa ambiguidade ou duplicidade de sentido em uma construção sintática, tanto em ato consciente, quanto inconsciente). Criada durante residência no A-I-R Laboratory, a obra reúne frases e breves comentários elaborados a partir de olhares diversos sobre Varsóvia, mesclando a percepção pessoal do artista com reflexões e leituras sobre o espaço urbano feitas por seus interlocutores locais. Transposta para o Galpão VB, a obra ocupa as paredes do espaço expositivo e vai além, buscando outras relações com a arquitetura para estender sua investigação em torno da potência poética da ambiguidade e do caráter plural das palavras. Karol Radziszewski apresenta o seu Queer Archives Institute (QAI), pesquisa em constante expansão que resgata de coleções privadas material gráfico e imagens relativas à experiência queer nos países do Leste europeu. Com o propósito de expandir seu acervo a outros países do Sul geopolítico, o artista acrescenta ao QAI materiais que permitem reconstituir uma breve história da presença de gays, lésbicas, transgêneros no Brasil. A diversidade de registros e períodos reunidos por Radziszewski busca traçar uma genealogia dessa produção, resgatando-a finalmente dos ambientes do segredo. Como artista em residência no Videobrasil, Radziszewski selecionou do Acervo da Associação três trabalhos que, abordando questões de gênero e sexualidade, estabelecem um diálogo rico com o QAI. Integram a exposição vídeos de Rita Moreira (Temporada de caça, 1988), Rafael França (O profundo silêncio das coisas mortas, 1988) e Virginia de Medeiros (Sergio e Simone, 2010). No dia 16 de abril, as 15h, o artista apresenta um projeto anterior, o filme Kisieland (2012), seguido de uma conversa sobre o Queer Archives Institute, como parte de uma atividade de programas públicos da exposição. Além da experiência de deslocamento e intercâmbio e dos trabalhos apresentados na exposição do Galpão VB, o projeto Videobrasil em Contexto #2 contempla ainda o comissionamento de uma obra de cada artista, que passam a integrar os acervos da Associação e da Ujazdowski Castle. Vitor Cesar elaborou a publicaçãoAnfibologia, tradução - observar construções atravessando monumentos, que será lançada durante o período da exposição no Galpão, em data a confirmar. Karol Radziszewski está atualmente em fase de produção do filme comissionado pelo projeto, que tem finalização prevista para o final deste ano.

  • Dónde

    Associação Cultural Videobrasil / São Paulo, Sao Paulo, Brasil
  • Inauguración

    02 abr de 2016  /  13:00

  • Artistas que participan en Acervo Videobrasil em Contexto #2: Queer Archives Institute e Anfibologia, tradução



Recibe alertas de eventos como éste

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

descargar